RTP

Catarina Furtado viaja para Guiné-Bissau

Catarina parte hoje para Guiné-Bissau. A apresentadora e actriz vai estar em sítios sem água e sem luz, sendo esta viagem a primeira de várias que a RTP1 dará a conhecer em quatro documentários.

“Fico sempre um bocadinho nervosa”, conta a actriz ao “Correio da Manhã”. Catarina Furtado, Embaixadora da Boa-vontade do Fundo das Nações Unidas para a População (UNFPA) diz ainda que “É aterrador ver as condições degradantes e indignas em que aquelas pessoas vivem”.

A missão de Catarina Furtado em terras africanas teve início no “Dança Comigo Por Uma Boa Causa”, na RTP1, onde se angariou “250 mil euros, o maior donativo dado ao UNFPA pela sociedade civil” conta a actriz que regressará dento de oito dias. O Secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação, João Cravinho, doou mais 250 mil euros. Catarina Furtado, numa altura que não se sabia o que se fazer aos 500 mil euros, fez questão que o dinheiro “fosse aplicado num país de expressão portuguesa”.

Este projecto, que começa com a viagem a Guiné-Bissau, “tem a duração de um ano e meio, mas pode prolongar-se devido à chuva e ao andamento das obras”, adianta Catarina Furtado.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close