RTP

Catarina Furtado também vai sofrer cortes no ordenado

Catarina Furtado A Voz de Portugal

 

Catarina Furtado, que atualmente aufere 24 mil euros por mês, vai ser a primeira apresentadora da RTP a sentir as novas medidas de contenção que se vivem na estação pública.

A TV Guia desta semana avança que, a partir de maio, altura em que termina o seu contrato, se o renovar não irá ganhar mais do que 15 mil. Também José Carlos Malato, Marta Leite de Castro, Jorge Gabriel e Sílvia Alberto sofreram um corte de 10% nos seus salários. Já Diamantina, que conduziu «Portugal sem Fronteiras» em parceria com Carlos Alberto Moniz, não esconde a sua desilusão. «Estamos todos muito tristes. Cortaram-nos as pernas sem nos prepararem», disse à revista.

De recordar que Catarina Furtado vai regressar dentro de poucos dias à apresentação com o programa «Don’t Stop Me Now».

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close