RTP

Catarina Furtado e Rita Blanco em conversa surpreendente no “Cinco Sentidos”

À semelhança do que acontece todos os domingos, o magazine de início de tarde de domingo da RTP volta a ter dois convidados que conversam animadamente durante algum tempo. Dois convidados conhecidos e que vão ter uma conversa surpreentende.

Esta semana, são Catarina Furtado e Rita Blanco a ocupar os sofás do Cinco Sentidos e prometem falar sobre os mais variados temas. Mas há mais para ver no magazine da televisão pública. Marta Leite Castro vai levar o ator João Maria Pinto da série Velhos Amigos ao Museu Nacional do Teatro, na sua rubrica A Escolha da Marta. Já o espaço Estilos de Vida vai ao encontro do chef José Avillez e na rubrica Não passo sem será apresentado o projeto Bambolina, de Ana Brito e Cunha.

Luís Filipe Borges vai ser desafiado a fazer wakeboarding, o programa Estado de Graça também vai ter destaque, bem como a apresentação à imprensa de Grandes Histórias – Toda a Gente Conta. Não esquecer ainda que há a rubrica da Academia RTP Leva-me Contigo com Quim Barreiros, em Caminha, o mágico Luís de Matos realizou um truque de magia com Ana Galvão.

Tudo isto, e muito mais para ver na próxima emissão do Cinco Sentidos, domingo após o Jornal da Tarde, na RTP 1.

  • Anónimo

    Tenho quase a certeza que a Catarina Furtado, aquando da privatização da RTP 1, muda-se para a TVI. Tenho muitas certezas. Isto porque ela e o José Fragoso (atual diretor da TVI) têm uma relação muito boa e porque duvido que volte para a SIC, pois, como todos sabemos, lá estão com muitas dificuldades financeiras e não podem contratar mais apresentadores (que também já têm muitos), especialmente estes que pedem um ordenado muito “cheiinho”. Embora a crise também passe pela TVI, lá não é tanto como a SIC: Por isto tudo, tenho quase a certeza que Catarina Furtado está muito perto da TVI! Alguém tem duvidas??? 

    • Pedro Ponte

      Duvido muito, porque mesmo com a RTP privada ainda há dinheiro, porque a RTP se for privatizada vai ser vendida a alguém rico, tal como a TVI e a SIC. Assim, se o ordenado se manter para ela, ou pelo menos, se ele aumentar, ela mantém-se na RTP.
      E da maneira que a TVI já teve problemas com o marido, João Reis, e que não foram poucos, a TVI é a estação que ela menos preferia agora. 

      Todos pensam que depois da privatização a RTP morre. NÃO! Ela vai continuar a existir, e agora como privatizada, vai ter novos conteúdos e programas, e vai fazer frente às concorrentes! A ver vamos! 😉

  • Galapchora

    A entrevista com Rita Blanco, pela franquesa e espontaneidade desta, mostrou-nos como é perigoso na RTP, ter opinião. Sobretudo quando não são alinhadas com a bitola desta estação televisiva. Foi notória a aflição da Furtado, que obrigou a que a Rita viesse pedir desculpa pela frontalidade que lhe é peculiar. Foi confrangedor  constactar a fragilidade e falta de coragem de Catarina Furtado que fica mais aconchegadinha quando lhe tecem elogios à sua performance e habilidade para a caridadezinha sempre enderessada  a paragens longincuas, como se em Portugal não houvesse os mesmos pretinhos a necessitar de ajuda e conforto.. Também falta acrescentar que é muito fotogénica na publicidade bancária para que é muito solicitada.E por estas e outras que o cidadão paga Juros do tamanho do Mundo.

  • Galapchora

    quero ressalvar a palavra longinqua

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close