RTP

«Caso Brutosgate»:Trabalhadores da RTP exigem investigação independente

rtp

A comissão de trabalhadores da RTP considera que certos detalhes do pedido de imagens por parte da PSP à empresa devem ser analisados e defende uma investigação independente para restabelecer a ordem na estação pública.

Em declarações à TSF, o porta-voz da comissão de trabalhadores da RTP, Camilo Azevedo, exige ainda uma investigação mais aprofundada deste caso, sublinhando que o inquérito que foi feito «é uma investigação interna e administrativa, este inquérito não vai além disso. Não foi feito de forma independente, com tempo, com meios».

O pedido da comissão de trabalhadores surge na sequência do «Caso Brutosgate», que terá afetado seriamente a credibilidade da estação pública, solicitando a intervenção rápida por parte da Entidade Reguladora para a Comunicação Social.

Recorde-se que o caso levou mesmo ao pedido de demissão do diretor de informação, Nuno Santos, e do diretor adjunto, Vítor Gonçalves e à abertura de um inquérito interno cuja conclusão foi hoje entregue à ERC.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close