RTP

CAEM desvaloriza descontentamento da RTP face às audiências

O diretor executivo da CAEM desvaloriza o descontentamento da RTP.

De acordo com a notícia dvulgada no Meios & publicidade, Fernando Cruz referiu que: “Um sistema não é bom, justo ou correcto só porque um operador televisivo não está satisfeito com os resultados.”

Referindo-se à notícia divulgada também pelo A Televisão sobre o facto de a Comissão de Trabalhadores impugnar o novo processo de medição de audiências referiu que: “A CT pode defender o que quiser mas nunca houve uma relação tão transparente com os diversos players do mercado e a consulta que foi feita foi validada pela RTP”.

O diretor executivo referiu ainda que no painel anterior [Marktest] havia uma sobreamostragem da população mais idosa, numa alusão às criíticas da RTP com uma alegada subrerepresentação das pessoas mais velhas que fez baixar o share da RTP para mínimos históricos.

  • Biller

    Vergonhosa a atitude da RTP. Ao longo dos anos têm dito que não vivem pelas audiências e depois fazem um escândalo quando os valores audimétricos não agradam.

  • Miguel Alexandre

    Acho que a RTP fez o seu dever, não só por ser bastante prejudicada (vergonhosamente prejudicada), mas porque, como player no mercado, deve zelar para que a medição seja feita correctamente, o não está a acontecer.
    E a RTP deve-se preocupar com audiências sim, desde que não deixe de fazer serviço público para as obter. Estas audiências podem custar prejuízos de 13 milhões à RTP, segundo o Público de hoje, não é tão pouco quanto isso.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close