«Festival da Canção»: Autor de «Mea Culpa» pede auditoria ao televoto

catarina mea culpa «Festival da Canção»: Autor de «Mea Culpa» pede auditoria ao televoto

Carlos Coelho, autor de «Mea Culpa», escreveu na sua página que irá solicitar «uma auditoria aos votos recebidos para total transparência de resultados». Já em declaração ao site ESCPORTUGAL, confirma a autoria do post divulgado no Facebook. «Este festival foi muito estranho em vários aspetos», afirmou.

O autor da canção de Catarina Pereira acha «estranho» o resultado do concurso. E explica porquê. «Acho estranho que na semifinal, onde era contado apenas um voto por telefone, a canção da Suzy tenha ficado em quinto lugar, com metade dos votos da nossa canção, quando na final, onde o voto passou a ser ilimitado, já tenha ficado em primeiro lugar com mais do dobro dos votos da canção classificada em segundo lugar». Carlos Coelho vai contactar um advogado «no sentido de preparar um pedido de auditoria». «Se provar que tudo foi transparente, ficaremos todos mais tranquilos, incluindo a RTP e a equipa vencedora».

Segundo Coelho, houve regras «que só algumas canções cumpriram». «Todos os compositores receberam um correio eletrónico dando-nos conta que não seriam permitidos adereços em palco. Qual o nosso espanto quando a canção que acabou por sair vencedora utilizou diversos adereços desde o primeiro ensaio da semifinal». Mas as dúvidas não se ficam por aqui. «Espanta-nos também o facto do contrato com a RTP ser claro quanto ao facto de todos os direitos de edição e reprodução da canção pertencerem à RTP até ao festival Eurovisão, contudo, tivemos conhecimento na sexta-feira através dos media que a canção “Quero ser tua” será editada pela Sony já a partir de amanhã [17 de março]».

Suzy ganhou o Festival da Canção 2014 com o tema «Quero Ser Tua» e os apupos não demoraram. A vitória da cantora está a gerar uma onda de críticas na internet e já foi criada uma petição online. Recorde a notícia.

Se encontrou algum erro, selecione e pressione Shift + Enter ou clique aqui para nos informar.

  • Miguel

    A auditoria não serviria de grande coisa… se o voto era ilimitado, então basicamente a RTP permitiu que qualquer pessoa pudesse gastar 5 mil euros em chamadas consecutivas para que uma canção ganhasse. Foram as regras da RTP para o televoto; essas sim é que deviam ter sido alvo de boicote, não o resultado final.

  • João

    minha gente então agora só sabem reclamar aproveitem o tempo para fazer algo de util vocês estão à espera de quê é normalissimo que a RTP esteja a “olhar” pelos seus interesses mas quem não o fáz sr. Carlos Coelho se a tua canção tivesse vencido não levantavas esta polémica que serve somente para ficares conhecido em portugal e arredores. parabéns a todos os participantes em especial para a vencedora força Suzy estives-te bem as pessoas às vezes esquecem-se que é com muito trabalho e sacrifios que se chega a onde se quer.

  • Pingback: Goucha e Cristina brincam com a canção vencedora do «Festival da Canção» | A Televisão

  • Tiago Martins