RTP

“A Voz de Portugal”: Joana Jorge critica Paulo Gonzo

A mais jovem semi-finalista de A Voz de Portugal deixou ontem o talent-show da RTP, naquele que foi o segundo “confronto” direto com Bianca Adrião. E, depois de ter perdido nas Batalhas, voltou a não conseguir levar a melhor sobre a concorrente. Já após o final de mais uma gala, Joana Jorge esteve à conversa com A Televisão sobre tudo o que se passou e os sentimentos que viveu.

Questionada sobre se esta saída é como que morrer na praia, a jovem não concorda. “Não, não acho que essa expressão seja bonita. Não gosto dessa expressão”, começa por dizer, para em seguida deixar algumas críticas a Paulo Gonzo. “Como eu já disse, senti-me muito desvalorizada pelo meu mentor, não pelo público, porque senti que o público sempre me apoiou, como me tem apoiado até agora, e é devido ao público que eu estou aqui, que eu cheguei até aqui, e queria dizer a todas as pessoas que têm um sonho, para lutarem por esse sonho, porque vale a pena, acho que são os melhores momentos da nossa vida, é quando lutamos por um sonho.”

Finda esta etapa na sua vida, quisemos saber o que lhe espera o futuro. Joana Jorge garante: “já tive algumas propostas para bandas, mas acho que vou-me concentrar em melhorar certos aspectos e acho que vou tentar compor músicas minhas, porque eu sempre tive jeito para escrever, só que nunca me dediquei totalmente a isso, porque sempre tive insegurança ou pensar que ia ficar mal.”, admite, finalizado: “então acho que agora vou tentar escrever, vou continuar com as minhas aulas de canto, vou tentar melhorar e, depois quando aparecer uma outra oportunidade, não vou parar de lutar”.

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close