RTP

“A Voz de Portugal” cai aos 15,8% de share

A Voz de Portugal Catarina Furtado

Com o Natal à porta, a direção de programas da estação pública decidiu atrasar a Batalha d’A Voz de Portugal. Assim sendo, neste domingo, Catarina Furtado deu a oportunidade a vários concorrentes de demonstrarem o seu talento aos mentores do talent-show. Apesar disso, sete participantes não conseguiram validar o seu passaporte para os diretos do concurso da RTP1.

Com tanta emoção, os portugueses preferiram ficar sintonizados na gala da Casa dos Segredos. Afinal, e em números, A Voz de Portugal não foi além dos 5,8% de audiência média e 15,8% de share, um dos resultados mais baixos de sempre.

É caso para dizer que, ao domingo, a estação pública não deve tentar fazer concorrência com o canal da Media Capital. Caso contrário, os grandes perdedores são os telespetadores, que terão de optar pela visualização de um dos produtos em antena!

  • Anónimo

    Em que site retiraram essa informações?

  • Anasantos

    A RTP devia começar a poupar dispensando a Catarina Furtado ou então, baixando considerávelmente o seu ordenado e colocando-a num programa para crianças. Não se aguenta as suas poses de grande estrela e a forma ridícula como trata os concorrentes. Ela e a Claudia Vieira são dois exemplos de sobrevalorização, por parte das cadeias televisivas, que eu não entendo. Deviam fazer uma sondagem para verem o que é que o público pensa delas, talvez tivessem uma surpresa e começassem e chorar o dinheiro que j+a gastaram com elas…

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close