Geral

Vem aí “Caminho das Índias”

A próxima novela da Globo, que vai estrear em terras de Vera Cruz no dia 19 de Janeiro, é de Glória Perez. “Caminho das Índias” é a nova novela das 8 da Globo e vai substituir “A Favorita” de João Emanuel Carneiro. Cá em Portugal, a novela vai ser exibida na SIC, em horário e estreia a definir (a estação apenas avança que será brevemente). Com a Índia como pano de fundo, a autora volta a apostar em temas fracturantes, como tem vindo a ser hábito nas suas novelas (por exemplo, “Explode Coração” ou “O Clone”).

A história central conta o amor entre uma operadora de telemarketing do Rajastão, “Maya” (Juliana Paes), e um funcionário de uma empresa norte-americana, “Bahuan” (Márcio Garcia).

«”Maya” pertence a uma tradicional família da castas de comerciantes. Já “Bahuan” é proveniente de uma família intocável que, por ser considerada impura, é impedida de tocar, mesmo que seja com a sua sombra, num integrante de qualquer clã mais respeitado.», escreve o “Jornal de Notícias”.

Para além da beleza natural da Índia, alia,da às suas características sociais próprias, esta obra chamará a atenção para temas delicados normalmente tratados de forma superficial ou até mesmo de um modo preconceituoso, do dia-a-dia Ocidental. “Faz parte de um conceito recorrente no meu trabalho o exercício de olhar o Mundo através de olhos diferentes dos nossos. Na verdade é sempre uma luta contra o preconceito. Há pessoas que olham para a realidade de forma diferente e não significa que sejam melhores ou piores do que nós”, explica a autora. “E é o que farei nesta novela por meio do personagem “Tarso” (Bruno Gagliasso): uma campanha pela saúde mental, tentar fazer com que as pessoas aceitem essa diferença, colocar por terra a ideia de que a pessoa porque é diferente de nós, deve ser isolada. E não é. Isso faz parte do mesmo conjunto de que fazemos parte”, acrescenta.

«Há também o outro lado da moeda. A personagem “Yvone” (Letícia Sabatella) reencontrará a amiga de adolescência “Sílvia” (Débora Bloch), será recebida por esta com todo carinho e afecto para passar uns dias em sua casa no Rio de Janeiro. Aos poucos, a generosa e bela “Yvone” vai revelando-se uma psicopata capaz de tudo para alcançar o que quer, dará um golpe em “Sílvia” e a trairá com seu marido, “Raul” (Alexandre Borges). A traição, tão incomum aos indianos, será mostrada ainda sob outro ângulo. Desta vez, nas brigas e tramóias entre os irmãos “Raul” e “Ramiro” (Humberto Martins) na guerra para abocanhar a maior parte do império deixado pelo pai que está prestes a se aposentar, o empresário “Candore” (Elias Gleizer), que passou os negócios para o nome dos filhos sem imaginar que seria posto de escanteio e deixaria de ser consultado sobre os rumos da companhia.», conta o jornal acerca da história da novela.

Uma outra questão que será abordada é a agressivade nas salas de aula, entre os alunos e entre estes para com os professores.

Promoção

{youtube}aDtvh0G44w0&feature=related{/youtube}

{youtube}OzIv2uj8lao{/youtube}

{youtube}rNSRa_dciR0{/youtube}

{youtube}Wn7s4wuYprU{/youtube}

{youtube}LPTVDQ91WE8{/youtube}

{youtube}5wJVbejIOWg&feature=related{/youtube}

{youtube}DSvXsE3As_U{/youtube}

{youtube}EdSHstIyBOk{/youtube}

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close