Geral

Três jovens. Três prémios. Três sonhos concretizados graças ao projeto solidário da GAES

Fátima Lopes, Francis Obikwelu e os irmãos Nelson e Sérgio Rosado, da dupla musical Anjos, são algumas das personalidades mediáticas que se associaram ao programa de incentivo a atletas amadores lançado pela GAES- Centro Auditivos em Portugal. Os dez projetos mais votados na internet foram, numa segunda fase, sujeitos à apreciação do painel de jurados para a primeira edição das Bolsas Persegue os Teus Sonhos.

A ideia inicial era entregar a bolsa de seis mil euros ao projeto vencedor, no entanto, a tarefa tornou-se «mais difícil do que se estava à espera», conforme explicou Fátima Lopes, e o prémio monetário distribuiu-se entre três ideias. Alexandre Dias, portador de esclareose múltipla, pretende participar no IronMan em Barcelona no próximo mês de Outubro, mostrando assim que a doença não é de todo um obstáculo. Isso será possível graças ao cheque de 2 500 euros entregue pela GAES. «Está a ser duro mas vou conseguir! Quero provar que é possível», disse.

Também João Gonçalves recebeu nota positiva. O jovem de 22 anos com trissomia tem o objetivo de participar em outubro de 2017 no campeonato europeu de ténis de mesa: «Quero agradecer à GAES por ter votado em mim». O dinheiro permitirá ter um treinador focado em si e nas suas limitações. Por fim, a terceira bolsa foi entregue a Dionísio Lopes que, mesmo com paralisia cerebral, pretende realizar maratonas de Portugal e dos 4 cantos do mundo. «Meti-me nisto na brincadeira mas não tem sido fácil. Estou sempre a levantar-me mas faz parte [do processo]», afirmou o jovem.

Para Nelson Rosado, o convite da GAES era irrecusável. Embora tenha sido difícil escolher três entre 10 projetos «com muito potencial», o músico mostra-se «muito feliz» por ter participado na primeira edição das bolsas Persegue os Teus Sonhos: «É um projeto que faz parte de todos nós passar a mensagem. A GAES é uma empresa mundialmente reconhecida não só na sua área mas deste lado solidário/desportivo. Tem uma presença constante e assídua nestes projetos e estão, por isso, de parabéns», disse. A mesma opinião é partilhada pelo seu irmão Sérgio Rosado que não hesitou, também, em dizer «sim» à ideia solidária: «Foi uma honra participar neste desafio».

Jurados e vencedores da primeira edição das Bolsas Persegue os Teus Sonhos

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close