Geral

Sílvia Rizzo feliz com “Remédio Santo”

Depois de ter estado ausente da televisão durante algum tempo, a atriz regressou em “força” e dá vida desde Março à Eugénia da trama de António Barreira. É em entrevista à TV 7 Dias desta semana que Sílvia Rizzo se mostra muito satisfeita com esta personagem:

“Acho o projeto interessante. É importante ver que atores e técnicos têm trabalho… nos dias de hoje devíamos dar ainda mais importância a isso. Gosto de estar aqui. Às vezes saio mais tarde porque fico na conversa e os miúdos normalmente também já chegam mais tarde porque têm outras atividades, portanto dá perfeitamente para conciliar”, começa por dizer.

Na mesma conversa, a atriz revelou ainda os momentos mais dramáticos de Remédio Santo: “A parte dos mortos é complicada para todos, choramos imenso. Principalmente quando foi a morte do Fernando (Renato Godinho), foi muito difícil para nós. Todos pensámos o que será uma mãe perder um filho. Não foi fácil. Eu, o Catarré e a Simone chorámos que não foi brincadeira. Eu já sou a Prosac”, finalizou.

Tags

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close