Geral

SIC e TVI satisfeitas com o trabalho da GFK

Apesar de a televisão do estado continuar a apresentar queixas pelos números divulgados pela actual medidora de audiências, para os lados de Carnaxide e Queluz de Baixo não há críticas. Pelo menos dos responsáveis pela informação.

Em declarações ao Diário de Notícias de domingo, José Alberto Carvalho confessou que “os resultados destes primeiros dois dias não são surpresa, dão a Informação da TVI à frente, quer ao almoço quer ao jantar, mas isso já tinha acontecido no último mês, ainda medido pela Marktest”, começa por dizer, acrescentando que o painel da GFK está “no fundo a confirmar a perceção do mercado”, embora admita que “possa haver afinações com o tempo, o que é natural”.

Já o responsável máximo pela Informação da SIC, “é cedo ainda para tirar grandes conclusões”. Todavia, Alcides Vieira sublinha que “não é a amostra da GFK que subavalia os idosos com mais de 65 anos. A amostra da Marktest é que sobreavaliava esta faixa etária.” Esta será, na sua opinião, a explicação para a “queda da RTP”.

  • Biller

    A Informação da RTP esquece-se que muitos velhos não veem noticiários por serem muito violentos, segundo muitos idosos que oiço.

    • Sapo

      O que acontece é que os idosos que ouve não representam coisa nenhuma… e todos opinam sobre audiências com base na ideia da meia duzia de pessoas que conhecem… o resultado é o mesmo: todos falam sem saber, sem sequer conhecer o processo e o método de medição de audiências televisivas…

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close