Geral

Relatório preliminar aponta falhas à medição de audiências da GfK

gfk-logo

O relatório preliminar da Pricewaterhouse aponta falhas à medição das audiências televisivas: painel constituído por cidadãos não portugueses, amostra incorretamente formada, variáveis diferentes das definidas no caderno de encargos, espectadores sem televisão por subscrição a verem canais que só estão disponíveis em plataformas pagas, largos períodos horários com programas sem qualquer espectador e várias incompatibilidades na formação das equipas que estão no terreno. Para já, ninguém comenta, mas há quem desvalorize estes dados.

A Pricewaterhouse é a empresa responsável pela auditoria solicitada pela Comissão de Análise de Estudos de Meios (CAEM) em abril, depois da polémica gerada pelos resultados apurados pela GfK, diferentes dos que vinham a ser divulgados pela Marktest (a empresa que na última década media as audiências em Portugal). O relatório preliminar da auditora identifica alguns dos problemas que já tinham sido denunciados ao longo dos últimos meses pela RTP e pela TVI. A estação privada, a 1 de abril, um mês depois de a GfK ter entrado em atividade, pôs de parte os resultados da GfK e passou a ter em conta os dados da Marktest, não reconhecidos pela CAEM.

Apesar das críticas, há quem desvalorize as conclusões do relatório preliminar, por entender que ele «aponta deficiências que já eram do conhecimento dos agentes e da própria CAEM» e que «podem ser retificadas com alguma facilidade», adianta o Diário de Notícias. Fonte contatada pelo jornal garante que «este relatório é um ponto de partida para o trabalho», mas «não é suficiente para denunciar o contrato com a GfK». Outra fonte adiante que «Este painel foi feito num tempo recorde. É óbvio que tem problemas e eles serão solucionados, mas muito pior do que identificarmos estes erros seria começar tudo do zero, até porque o mercado não pode ficar um ano e tal sem medição de audiências».

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close