Geral

Pedido de imagens às televisões terá sido feito por Unidade Especial da PSP

Lud5G5AyvPS3mgi,rE,aFMvs_

O jornal Público avança na edição desta quarta-feira que o  pedido das imagens captadas pela RTP nos confrontos do dia 14 de novembro pela PSP, veio de um serviço superior. Segundo o jornal terá sido o Núcleo de Informações da PSP, uma unidade de natureza secreta integrada na Unidade Especial de Polícia, uma Unidade Especial de Polícia com base em Belas, a pedir as imagens da manifestação junto ao Parlamento, que terminou em confrontos.

O pedido de informação partiu do núcleo, passou pela Direcção Nacional e chegou à SIC e à TVI, oficialmente, por correio electrónico, através do Núcleo de Imprensa e Relações Públicas do Comando Metropolitano de Lisboa, na passada semana.

Assinado pelo comissário João Pestana, o pedido solicitava imagens «de preferência não editadas» e que serviriam para usar «como meio de prova dos atos classificados como crime», foi feito já depois de dois elementos da PSP terem visionado as imagens, no gabinete do subdiretor Luís Castro com alguns membros da Direcção de Informação, incluindo uma jornalista que estivera no meio dos confrontos..

O pedido identificava os tempos exactos das imagens que se pretendiam. E pedia também que, «se possível, estas imagens devem ser identificadas com o logo RTP» com a intenção de a PSP poder vir a utilizar estas imagens como meio de prova em tribunal, no caso de ser aberto um processo judicial.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close