Geral

Paulo Pires compara a ficção portuguesa com a brasileira

Paulo Pires

Paulo PiresPaulo Pires dá vida, atualmente, ao vilão «Mário Varela» da novela «Doida Por Ti», exibida de segunda a sexta ao fim da tarde na TVI. O ator que, em 1996, atuou na produção da TV Globo «Salsa & Merengue», compara agora a ficção nacional com a ficção brasileira.

«Aqui já se faziam novelas e bem. Mas há as óbvias diferenças, no sentido do investimento. Em Portugal, nós temos uma novela que é feita para uma audiência de três milhões e lá é um país de 180 milhões, estamos a falar de estruturas muito diferentes… O que é um facto é que somos nomeados [para o Emmy Internacional] com novelas da Globo e já ganhámos a uma novela da Globo. Nós, nas condições em que trabalhamos, conseguimos ter novelas de grande qualidade, porque eu acho que são de grande qualidade, estamos muito perto», disse o ator à revista TV 7 Dias, destacando a qualidade da ficção nacional.

Comparando com o dinheiro que se gasta no Brasil e em Portugal na produção de uma novela, Paulo Pires diz, como exemplo, que «A “Gabriela” tem muito mais dinheiro do que uma novela tem normalmente, mas acho que, da forma como trabalhamos aqui, quem há uns anos apostou apostou na ficção nacional foi alguém de grande visão». Em relação a essas pessoas, «Estou a referir-me ao Nicolau Breyner, ao António Parente, ao José Eduardo Moniz, só para citar alguns.», contou à mesma publicação.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close