Geral

Pais do Amaral pede indemnização de 10M€ à Mediapro

futebol - primeira liga

Em causa a rescisão do contrato que dava à empresa do também acionista da Media Capital os direitos da Liga Espanhola a partir da temporada 2012-2013.

Segundo notícia hoje o Correio da Manhã, Pais do Amaral garante ter “amplas razões de queixa” para avançar com a queixa contra a distribuidora dos direitos, que será submetida no Tribunal de Barcelona. Para outra fonte do processo, a rescisão aconteceu “de forma inesperada”, a Mediapro informou por carta, da rescisão, sendo a causa, a falta de um pagamento de 1,675M€ previsto para 15 de junho. Segundo a mesma fonte, a empresa espanhola estava informada de que o pagamento não seria feito, já que o empresário estava a negociar com os espanhóis um novo formato para a distribuição dos jogos, já que havia desistido de avançar com o canal concorrente à Sporttv, e que estudava , a possibilidade dos “jogos serem distribuídos pela TVI 24”.

Nas alegações, o empresário português vai atacar em tribunal a Mediapro pela perda dos direitos de 13 clubes da Liga Espanhola, devido, segundo a Comissão Nacional de Concorrência de Espanha, à excessiva duração dos contratos. Desses clubes, parte assinou contrato com outra empresa, facto esse não comunicado à Worldcom, e que se vê agora com a acusação de má-fé e ocultação intencional de factos.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close