Geral

Os ordenados milionários das nossas estrelas

alt

O país atravessa uma grave crise económica e a situação futura parece não ser mais animadora. Também o universo televisivo tem sentido algumas dificuldades, até porque as receitas publicitárias estão a diminuir. No entanto, não é por isso que cada um dos canais baixa os salários das suas estrelas. Muito pelo contrário, há caras bem conhecidas do pequeno ecrã que auferem autênticas fortunas mensais.

É esse mesmo o tema de capa da revista TV Mais desta semana e revelamos-lhe agora alguns dos chorudos ordenados daqueles que chegam, quase que diariamente, às casa de todos os portugueses.

A TVI é a estação líder e, por isso mesmo, tem maior margem de manobra, podendo assim oferecer maiores condições. Manuel Luís Goucha recebe, mensalmente, cerca de 40 000 euros, tornando-se no apresentador mais bem pago da nossa televisão. Segue-se a recente estrela TVI, Fátima Lopes, que, embora não confirme, passou a auferir perto de 35 000 euros. Já Júlia Pinheiro ganha 25 000 euros líquidos, aos quais são adicionados subsídios pelas responsabilidades na direcção de programas. Tudo junto chega perto do “rei” das manhãs. A “fechar” os salários milionários de Queluz de Baixo está Cristina Ferreira, que recentemente renovou o seu contrato e passou a ter 25 000 euros a mais, todos os meses, na sua conta.

Já a RTP também tem vários nomes a figurar na lista dos bem pagos da televisão portuguesa. Catarina Furtado, a “vencedora” do canal publico aufere, por mês, perto de 25 000 euros, seguindo-se Fernando Mendes, cujo salário mensal chega aos 21 000 euros. Quanto a José Carlos Malato e Jorge Gabriel, estão “empatados”, uma vez que cada um deles recebe 20 000 euros a cada 30 dias.

Por último, a SIC é a estação com os salários “mais baixos”. A grande “líder” é Cláudia Vieira, que trocou a estação de Queluz de Baixo por um contrato de 25 000 euros mensais em Carnaxide. Já Diana Chavez, leva para casa 20 000 euros. A fechar a lista está o “apresentador revelação de 2009”, João Manzarra, que aufere, mensalmente, perto de 10 000 euros.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close