Geral

Odeith recria o Fim do Mundo em arte 3D. O A Televisão esteve nos bastidores

O canal História estreia no dia 12 de fevereiro, a partir das 22 horas, a considerada superprodução O Fim do Mundo que, episódio após episódio, dará a conhecer as verdadeiras ameaças ao planeta Terra. A promoção já arrancou em televisão e, também, em Lisboa.

Para promover o novo programa, o canal História juntou-se ao artista português Sérgio Odeith para recriar o impacto de um meteorito na Gare do Oriente. O A Televisão conversou com o mentor do projeto que, durante dois anos, esteve perto da estação de comboios a idealizar a sua obra tridimensional. Para ele, o mais difícil foi «sem dúvida» a chuva. «É uma ideia maluca em tentar imitar tal e qual tudo o que está por detrás e arranjar um ângulo certo para quando se tirasse uma fotografia a combinação ser perfeita», disse Sérgio Odeith que explicou, ainda, que a ideia partiu de si: «Pedi para fazer a parte detrás [do edifício]  como se tivesse tudo destruído e queimado. Surgiu essa hipótese e gostaram».

O graffiter, que é reconhecido a nível internacional, esteve a trabalhar num mural com uma estrutura de dois painéis de 5m comprimento x 4m altura e uma base de 5x5m. Já finalizada, a pintura em 3D pode ser visto e fotografado até à data de estreia do programa O Fim do Mundo, junto à Gare do Oriente. «Hoje em dia toda a gente vibra um bocadinho com a Street Art [pintura de rua]. É uma boa oportunidade para ver algo diferente». Veja agora as fotografias de bastidores: