Geral

Nuno Pardal revoltado com falta de trabalho permanente em televisão

Gravou recentemente uma participação na nova telenovela da TVI, mas nem isso faz com que o ator esteja satisfeito. E, em declarações ao Diário de Notícias online revela-se mesmo desiludido com as estações de televisão.

“Sou feito para aumentar audiências e depois saio”, começa por dizer Nuno Pardal, revoltado por ser sempre “bombeiro de serviço”. Questionado sobre se é uma crítica ao canal de Queluz de Baixo, o ator sorri: “Não é uma critica, quer dizer, se calhar é”.

E nem mesmo numa altura em que Morangos com Açúcar se vai tornar num filme, o ator não é chamado. Curiosamente, Nuno Pardal entrou por duas vezes na série juvenil, mas parece que esse feito não ajudou a que fosse chamado uma terceira vez: Mas quais Morangos? Eu já fiz duas vezes, o início e agora. Não faz sentido. Isso é para os grandes atores”, afirmou, desiludido.

Nuno Pardal acaba por defender que não está magoado com ninguém, mas deixa escapar que se sente posto na prateleira e que a instabilidade televisiva o fez questionar a sua profissão. “Foi bom agora estar no teatro e perceber algumas das prioridades e algumas coisas de que estava a precisar realmente. Sair um bocadinho disso, de estar dependente do que aparecia ou não e sentir que estou a trabalhar com atores. Uma coisa a sério. Senti-me novamente ator”, referiu.

Crítico, o ator acrescenta: “Quando se começa a ver muita gente na nossa área a passar à frente sem terem alguns parâmetros que para mim deviam ter e não têm, quer se queira quer não começa-se a pôr em causa muita coisa. E aos 33 anos foi muito bom regressar ao teatro.”

O ator revela que gosta de desafios, mas que essa palavra há muito tempo que não aparece no seu dicionário: “O último que fiz foi o Espirito Indomável, (há dois anos) e aí foi uma participação pequena, mas no entanto foi uma das que mais gozo me deu fazer”.

  • Ana

    “Sou feito para aumentar as audiências e depois saiu”??? LOOOL

    A vida de artista (seja ela em que área for) não é fácil e todos deveriam saber isso mesmo, estas “entrevistas” de revolta, também não ajuda em nada. Talvez pensem agora duas vezes quando se lembrarem de ti para “aumentar as audiências” LOOL.

    • joana

      olá Ana dito assim até soa mal realmente, mas não acredito que fosse em tom de revolta o comentário do actor, ele tem sempre uma postura descontraída e um pouco cómica até , nas entrevistas que dá. Ele já disse em entrevistas, que Ama o que faz ,seja TV Teatro ou Cinema , e por mais pequeno que seja o papel o que importa é a forma como agarramos o personagem.

  • Ricardo

    Este site tem fontes muito problemáticas…geralmente…contudo, na veracidade deste artigo, o Nuno esteve bastante mal nas suas declarações. Quer na televisão, como na música, há que se ter humildade suficiente para encarar e gerir determinadas situações. Por muito grande que seja a mágoa do ator, esta postura só tão confirma como também assenta num dos maiores motivos pelos quais está sem lugar ‘no topo’…

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close