Geral

Jornalista português da CNN critica a televisão portuguesa

Há seis anos num dos principais canais de informação mundial, a CNN, o jornalista Pedro Pinto concedeu à Correio TV uma entrevista onde invocou as principais diferenças entre o jornalismo português e inglês. As críticas não foram poupadas por uma das principais caras do desporto do canal de informação de referência.

Pedro Pinto, que trabalhou durante cerca de dois anos na Sport TV, partilhou a opinião de que «Em Portugal as pessoas não querem fazer coisas novas, não querem melhorar. As mesmas pessoas querem fazer as mesmas coisas da mesma maneira. O facto de termos os mesmos nos mesmos cargos há não sei quanto tempo – como se estivessem agarrados ao poder – faz os jovens perderem a motivação de arriscar», disse, acrescentando: «Arrisca-se muito pouco na TV portuguesa. Há pouca honestidade, pouca mentalidade para pesquisar e dizer aquilo que realmente acontece.»

Ainda sobre os riscos que, segundo ele, não se fazem, o jornalista tem uma opinião formada sobre o assunto: «(O problema) É a mentalidade, o não querer arriscar. Além disso, não há motivação, porque não há meritocracia e espírito de equipa. (…) Isto não tem a ver com o meu ego, mas com o facto de achar que as pessoas em Portugal não aproveitam o que têm», arrasou Pedro Pinto.

A terminar, a cara da CNN afirmou que, para regressar a Portugal e apresentar um noticiário de um canal português, teriam de lhe dar «a oportunidade de ter uma palavra a dizer sobre a forma como a informação é tratada, possivelmente. Seria um desafio interessante. Mas primeiro teriam de me querer. Raramente me senti desejado pelas televisões portuguesas», frisou.