Geral

Grelhas de Verão não diferem das restantes

Não é novidade que a programação nos meses quentes não difere da do resto do ano. O alinhamento é o mesmo, alguns formatos ganham uma cara nova. Mas inova-se pouco, segundo a Associação de Telespectadores.

Quem olhar para a oferta televisiva dos três canais generalistas poucas diferenças encontra daquela que era feita há alguns meses atrás. Os “talk-shows” das manhãs e das tardes são os mesmos, ainda que a RTP1 tenha saído para a rua com a iniciativa “Verão Total”, e depois dos noticiários novelas, humor ou concursos marcam o arranque do serão.

Para Rui Teixeira Motta, presidente da ATV, trata-se de “falta de imaginação” por parte dos programadores. “Regem-se uns pelos outros” tornando a programação “pouco fresca, pouco aberta e pouco imaginativa”. No entender deste responsável, um dos motivos que leva as estações a seguirem esta estratégia deve-se à diminuição das audiências neste período.

De facto, dados disponibilizados ao JN pela Marktest, revelam que no mês corrente a média de espectadores que viram televisão, cabo incluído, é de dois milhões 991 mil, enquanto que, por exemplo, no passado mês de Março, a média era de três milhões, duzentos e cinco mil.

“Há um apego cego às audiências. Seria interessante que apesar das audiências mais baixas se tentasse preencher as grelhas com mais imaginação”, prosseguiu sublinhando a responsabilidade da RTP de se destacar deste sistema, por ser a concessionária do serviço público de televisão.

Para a TVI, já não se justifica uma oferta diferente nesta altura do ano. “As pessoas gostam de ver televisão como entretenimento e necessidade de informação, daí não haver muita necessidade de mudar as grelhas, mas sim refrescá-las com programas mais ligados à época que atravessamos”, como por exemplo as corridas de touros, festas (como a do Sasha) ou o futebol de praia, conforme revelou fonte da estação.

A RTP2 é o único canal que aposta numa programação diferenciada. Em declarações anteriores, Jorge Wemans, explicou que nesta altura do ano o público do canal tem maior disponibilidade para o ver e que, por isso, se estreiam programas como por exemplo o “KM0”. Anteontem, a RTP2 alcançou o melhor resultado dos últimos quatro anos.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close