Geral

Governo quer participação de empresas portuguesas na RTP Internacional

RTP Internacional Nova Imagem

O ministro-adjunto e dos Assuntos Parlamentares, Miguel Relvas admitiu a abertura do capital da RTP Internacional ou a realização de parcerias com empresas portuguesas com interesses no estrangeiro, sendo que o Estado continua com a deter a maioria sobre o canal.

Segundo Miguel Relvas: “O Governo convidará oportunamente empresas portuguesas a associarem-se ao Grupo RTP na vertente RTP Internacional, como forma do audiovisual nacional poder contribuir para a divulgação de marcas prestigiadas dos diferentes sectores económicos”.

Para o ministro-adjunto e dos Assuntos Parlamentares, os canais RTP Açores e RTP Madeira precisam de reformulação de serviços operacionais e financeiros, contando “com o esforço solidário dos governos regionais”.

No entanto, Miguel Relvas refere que “o serviço público é inquestionável e vai existir, tem é de ser reformulado”. “É um processo ambicioso, estamos a reestruturar a empresa”, até porque, acrescentou, “o custo do serviço público tem de ser proporcional aos meios que temos no País”.

 

 

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close