Geral

Governo de Chávez acusado de silenciar a Globovisión com a TDT

Hugo chavez

ngBFE48313-DBF1-498B-AFBC-D78BE32ADDA5

O caso de alegada «exclusão» do concurso de atribuição de licenças, foi denunciado pela própria estação, a mais crítica para com o governo de Chávez.

Segundo informações publicadas pelo site Formula TV, a Globovisión, emissora alegadamente lesada, garante que pediu em diversas ocasiões para participar nas reuniões entre as estações de televisão e a Comisión Nacional de Telecomunicaciones (o equivalente à nossa ANACOM), mas que acabou por nunca ser recebida, estando, com esta recusa, agora limitada à emissão em sinal analógico. A confirmar-se o cenário, diz que a sua não inclusão na oferta de canais da Televisión Digital Abierta (TDA) – nome local para as emissões de Televisão Digital Terrestre -, representa uma «sentença de morte» para a estação, pois não tem licença para emitir a partir de 2018.

Da parte do governo venezuelano, não houve menções à recusa em atribuir licença à Globovisión, apenas a intenção de aumentar o número de canais no futuro. A oferta da TDT venezuelana conta com os canais públicos e ainda com as privadas Venevisión, Televen e Meridiano, cujas emissões experimentais já começaram, estando o apagão analógico agendado para daqui a cinco anos, em 2018.

Este não é o primeiro caso de censura ou ingerência do governo de Hugo Chávez em estações de televisão privadas do país. Em 2007, a decisão de não renovar a licença da Rádio Caracas Televisión, devido a alegadas ligações com o fracassado golpe de estado de 2002, levou a manifestações de apoio populares em apoio à estação. Hoje em dia, a RCTV, emite apenas no cabo.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close