Geral

Com um custo de 420 mil euros/ano, apenas 720 pessoas acompanham a AR TV

canal parlamento 2

AR TV - Canal Parlamento

A AR TV (Canal Parlamento) está disponível na Televisão Digital Terrestre (TDT) desde o dia três de janeiro de 2013.

Com um custo anual de 420 mil euros por ano para estar na TDT, a AR TV obteve no primeiro semestre uma audiência média de 720 pessoas, segundado revela a edição desta terça-feira do Correio da Manhã.

Os espectadores do sexo masculino são os que consomem mais a AR TV, 60,2% contra 39,8 do sexo feminino. Já no que respeita a faixas etárias, são as pessoas com mais de 75 anos que acompanham as emissões do canal (33,1%), logo depois surgem as de idade entre os 65 e 74 ( 27,6%) e de 55 a 64 (20,7%). Em termos de classes, 42,5% pertencem à media-baixa, logo seguida da classe baixa com 22,4%. No que toca a regiões, a do Centro registou 51,7%, seguida do Norte com 28,2% e Lisboa com apenas 11,4%.

Quando confrontado com estes resultados, Nuno Encarnação, diretor da AR TV referiu « estar satisfeito com o trabalho que tem sido feito até agora (…) O importante é que prestamos um serviço público que qualquer português pode acompanhar».

Recorde-se que a presença do Canal Parlamento na TDT tem um custo de 420 mil euros, sendo desconhecido o custo operacional, motivado pela ausência de orçamento próprio. Contudo, segundo Couto dos Santos, presidente do conselho de administração da Assembleia da República, os fundos disponíveis para os custos de funcionamento do canal não passou dos «dois milhões de euros» no ano passado.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close