Geral

Camilo de Oliveira despede-se da televisão

Camilo de Oliveira, prestigiado ator português, referiu à TV Mais desta semana que não pensa no regresso aos ecrãs nacionais. Depois de vários anos a trabalhar e a dar a cara por vários projetos nacionais, o ator diz-se desiludido pelo facto de, nos últimos tempos, o seu nome ter sido esquecido. “Acredito que os portugueses não vão sentir saudades minhas. As pessoas não valorizam os artistas mais experientes. É o país que temos”.

Assim sendo, o marido de Paula Macedo oferece os lugares aos mais novos que, cada vez mais, têm um maior destaque nos ecrãs nacionais. “Não estou doente. Estou apenas cansado e reformado. Dou o meu lugar aos mais novos”.

Em relação a esta notícia, Ruy de Carvalho concorda com o desabafo do ator: “O Camilo faz falta aos portugueses, mas é verdade que às vezes é pouco valorizado. Ele é um grande profissional e tem um legado incrível. Admira as coisas que ele fez”.

  • Gaiatoreis

    Eu tenho Saudades do Verdadeiro Humor, daquele humor que Raul Solnado transbordava dentro de si. E o Camilo Oliveira tem esse Verdadeiro Humor, é paralelo ao Raul mas cada um com o seu sarcasmo e o sarcasmo do Camilo é genial. Eu ainda hoje vou ao youtube para revê-lo.
    Volta Camilo. O humor dos jovens hoje em dia é humor fácil é aquele humor que ilusoriamente faz doer os maxilares mas o vosso Camilo e do imortalizado Raul Solnado. esse faz doer verdadeiramente o maxilar e faz vibrar alegremente todo o nosso organismo. Se não voltar para a Televisão, vá para os Teatros ai o público é mais humano, se não em sua casa escreva para sim e grave e coloque no youtube. Eu agradeço e todos os que queiram segui-lo. Uma Abraço de um Jovem que o admira, que tem respeito por si e a cima de tudo está grato por todas as gargalhadas que me provocou. Obrigado pela sua presença! José Reis, Porto.

  • Asilvalouredo

    Volta Camilo, sim, para podermos continuar a rir de boas piadas.
    Acabei de ler o seu livro “As Regras da minha vida” e concordo com elas, por isso… parar é morrer !  E o Senhor não pode ficar em casa, quem gosta de si ainda não lhe deu a reforma !
    Um abraço – A. Guedes

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close