Geral

Audiência dos canais por Cabo também sobe no Brasil

audiencias

audienciasAquando a divulgação pelo Ibope (empresa que mede as audiências no Brasil) em abril de 2001 do primeiro relatório de medição de audiência de TV por assinatura, a quantidade de assinantes que pagavam para ver televisão chamava a atenção. Em março desse ano, as estações de sinal aberto detiveram 76% da audiência entre os telespectadores com TV paga. A TV Globo detinha 43% de participação.

Doze anos depois, mesmo pagando para ter acesso a cerca de 200 canais, os telespectadores ainda preferem os canais de sinal aberto e, no caso da Rede Globo, essa liderança já não é tão grande. Em fevereiro de 2013, a audiência dos canais pagos entre os assinantes era de 36% contra 24% em março de 2001. A TV em sinal aberto caiu de 76% para 64%: a Globo passou a chamar a atenção de 32% (caindo assim sua audiência em 26%), a rede Record tem agora 8,3% do Ibope na TV por subscrição, o SBT tem 7,5% e a Band obtém 3,2%.

Nos últimos 12 meses, segundo avança o site O Planeta TV!, a televisão em sinal aberto perdeu dois pontos percentuais na medição de TV paga (cada ponto equivale a 62 mil domicílios na Grande São Paulo). Esses dois pontos foram para os canais pagos. Atualmente, tem sido cada vez mais frequente os canais pagos disputarem a segunda posição das audiências com as estações de sinal aberto no universo da TV paga. No passado dia 28 de fevereiro, por exemplo, com a transmissão com exclusividade do jogo São Paulo VS The Strongest, pela Libertadores, a Fox Sports chegou à vice-liderança, atrás apenas da TV Globo, com 3,1% da preferência do público masculino dos 18 aos 49 anos.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close