Geral

Afinal «À procura de Diana» era uma estratégia de marketing da «Cacherel»

a procura de diana

O apelo que percorreu o país do jovem Ricardo que procurava a sua amada pela qual se apaixonou à primeira vista no dia da manifestação contra a austeridade, afinal não passou de uma estratégia de marketing para o novo perfume da Cacharel.

A misteriosa Diana que estava de partida para Paris e que tinha o seu nome escrito por toda a zona de Lisboa, desde cartazes a panos pintados, emocionou mais de 29 mil pessoas que subscreveram a página de Facebook intitulada «À procura de Diana». A história foi alvo de reportagens nos jornais e na televisão (ver reportagem da TVI) , mas afinal tudo não passava do novo lançamento da Cacharel, como publicado na página da ação publicitária.

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=-tTUPjOzo90]

«Durante uma semana a magia desta história preencheu cada coração dando um novo fôlego e uma inspiração para as nossas vidas», diz a marca de perfumes na página do Facebook. «À Procura de Diana» foi inspirada na história envolvente de Catch Me o novo perfume da Cacharel. Acrescenta ainda que «Todos temos uma “Diana” ou um “Ricardo” dentro de nós», slogan principal do produto.

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=hAZaOB31Tzk&feature=player_embedded]

A revolta instaura-se após a revelação da marca que acreditaram na veracidade da estratégia de marketing da marca de perfumes. Esta indignação levou à criação da página «Movimento Anti-Cacherel Portugal» que tem o intuito ter mais likes que aqueles que a página criada para a ação publicitária «À procura de Diana» alcançou.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close