Famosos

Diana Monteiro acusada de não entregar roupa emprestada por uma loja

Diana monteiro
Diana monteiro
Diana Monteiro foi uma das semi-finalistas do programa « A Tua Cara Não Me É Estranha»

Depois da polémica com Helga Posser, a antiga companheira das Just Girls, a banda da qual fez parte Diana Monteiro durante a participação na série juvenil Morangos com Açúcar  a atriz e cantora vê agora na imprensa o seu nome envolvido numa zanga com a marca de roupa que a vestia para as galas de A Tua Cara Não É Estranha.

Em declarações à TV Guia, Nuno Lago, produtor de moda e um dos responsáveis pela loja Bowtie, que vestia a cantora para os momentos em que são entrevistados por Manuel Luís Goucha ou Cristina Ferreira confessou que a relação até começou da melhor maneira. «Fiz um editorial de moda com a Diana e gostei muito dela. Nunca pensei que se viesse a revelar desta maneira», começa por contar.

No entanto a parceria entre a cantora e a loja que a vestiu durante um mês depressa se dissolveu. «Começámos a ter vários problemas. Mas o pior foi mesmo a forma como a Diana começou a comportar-se, a sua atitude. Quem não a conhece não imagina», conta o produtor que acusa a concorrente da terceira edição do programa de Queluz de Baixo de não entregar, a tempo e horas, a roupa que lhe era emprestada.«Foram centenas de euros de prejuízo», e acrescenta:«Para quem tem um negócio pequeno, não é assim tão insignificante».

Contactada pela mesma publicação Diana Monteiro defende-se das acusações por parte da loja.«Eu é que quis deixar de trabalhar com esse senhor, que me telefonava a insultar-me de tudo e mais alguma coisa, só porque entregava uma roupa ou outra, manchada com base. É natural: em televisão usamos produtos que podem manchar a roupa. Já tive outras situações assim», contrapõe.

Além das acusações de entregar a roupa suja e danificada, Diana Monteiro é acusada de não entregar um body e duas t-shirts de marcas caras. Mas a cantora rejeita as acusações:«Essas peças estão, neste momento, na lavandaria, para depois serem entregues à loja. Além disso, não entregava a roupa a horas, porque o Nuno Lago começou a fazer exigências ridículas, como ser eu própria a deslocar-me à loja para devolver as peças, em vez do meu agente. Ora, porque é que não poderia ser o meu agente? Fui agredida verbalmente pelo Nuno  Lago, que é uma pessoa praticamente bipolar», defende-se a apresentadora do programa Guest List da TVI.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close