Amigo de Bruno Simões explica como o ator faleceu


800x600 Amigo de Bruno Simões explica como o ator faleceu

A situação da morte do ator Bruno Simões, que foi vítima de ataque cardíaco na passada sexta-feira [dia 12 de outubro], é agora explicada por um amigo seu de longa data. Ao que indica, depois de se submeter a um cateterismo cardíaco, o ator parecia ter recuperado de um susto. No entanto, horas depois a ‘máquina’ parou.

Na manhã de sexta-feira, Bruno Simões, 41 anos, faleceu devido a um ataque cardíaco fulminante. Segundo a TV Mais, de um momento para o outro, a ‘máquina’ deixava de bater, mas desde o início da semana que o ator apresentava sinais de fragilidade.

«Ele sentiu-se indisposto na segunda [dia 8], com dores no peito e os braços dormentes, tendo sido transportado para o hospital. Depois de fazer um eletrocardiogama, os médicos detetaram um indício de enfarte e, no dia seguinte, foi submetido  a um cateterismo», explicou um amigo de Bruno à revista. «Esteve internado até quinta-feira e disse-me que tinha sido tratado lindamente. Estava muito bem disposto», acrescentou.

No entanto, sexta-feira acabou por acontecer mesmo o pior e «a mulher e a mãe ainda chamaram o 112, tentaram reanimá-lo, mas já não foi possível fazer nada», contou o amigo de Bruno.

De recordar que o ator vai surgir brevemente na estação pública, no seu último projeto em televisão, conforme noticiado aqui.

Se encontrou algum erro, selecione e pressione Shift + Enter ou clique aqui para nos informar.