Cabo Séries

Syfy estreia em primeira mão “Alphas”

Alphas

Syfy estreia no próximo dia 7 de dezembro, às 22:15, em primeira mão em Portugal, Alphas, que arrancou em julho na versão norte-americana do canal como a melhor estreia nos últimos dois anos. Mais de três milhões e meio de pessoas assistiram ao primeiro episódio desta história de cinco pessoas aparentemente normais mas com alterações nos cérebros que lhes conferem capacidades extraordinárias.

Quando passa por eles na rua não nota nada, já que são aparentemente normais. Contudo, os Alphas escondem capacidades extraordinárias que os tornam diferentes e singulares. Uma alteração numa determinada zona do cérebro torna possível que cada um deles possua qualidades mentais e físicas assombrosas. Há anos que o doutor Lee Rosen (David Strathairn, nomeado para um Óscar pelo filme Boa Noite e Boa Sorte e que atualmente está a rodar Lincoln com Steven Spielberg) está fascinado por este tipo de pessoas ao ponto de formar com cinco delas uma equipa clandestina para enfrentar possíveis ameaças de outros Alphas. Vão resolver casos que a CIA, FBI ou o Pentágono não conseguem e onde se suspeita que houve intervenção de algum destes indivíduos especiais. Além deste trabalho perigoso e intenso, os membros da equipa têm que lidar com a sua vida pessoal e familiar, algo que a maioria das vezes não é fácil, precisamente por estas caraterísticas que os tornam especiais.

A equipa de Alphas é formada por Bill Harken (Malik Yoba), um ex-agente do FBI com uma força pouco comum graças à sua capacidade para libertar adrenalina e bloquear os recetores da dor; Cameron Hicks (Warren Christie), que deixou o exército devido a problemas de disciplina e que tem hipercinesia, o que lhe permite um controlo muscular extraordinário e uma pontaria infalível; Nina Theroux (Laura Mennell), uma atraente jovem com a habilidade de manipular a vontade dos outros; Gary Bell (Ryan Cartwright), um jovem cujo cérebro é semelhante a uma “antena humana”. A sua capacidade neuronal permite-lhe captar frequências de qualquer aparelho elétrico e decifrá-las. O problema é que lhe é quase impossível deixar de processar esses sinais, o que complica bastante a sua vida; e finalmente Rachel Pirzad (Azita Ghanizada), uma jovem tímida e resguardada por pais super protetores com capacidade para a sinestesia: isto permite-lhe centrar-se em um só dos seus sentidos, enquanto os outros ficam temporariamente “desligados”.

O episódio piloto da série, que dura 90 minutos e que vai estrear em primeira mão em Portugal dia 7 de dezembro, é dirigido por Jack Bender, realizador dos episódios mais emblemáticos da série Perdidos. O êxito da primeira temporada de Alphas nos Estados Unidos permitiu-lhe renovar por uma segunda temporada, que vai estrear em 2012.

A série, a melhor estreia no Syfy USA dos últimos dois anos, é protagonizada por David Strathairn (Boa Noite e Boa Sorte)

Jack Bender (Perdidos) dirige o episódio piloto desta história que segue um grupo de pessoas com alterações cerebrais que se tornam super homem.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close