Cabo

RTP África celebra 15 anos de existência

RTP Africa

RTP Africa

Nascida a 7 de janeiro de 1998, a RTP África celebra em 2013, 15 anos. O canal do continente Africano celebra 15 anos de emissões,  e promete que o lançamento dos programas «Girabola», programa dedicado à primeira divisão de futebol Angolano, e «Economia de Angola» são duas das prioridades de curto prazo  e representam um reforço na informação e animação cultural e musical, que inclui atuações de artistas dos PALOP.

Na altura, o canal foi apontado pelo Governo Português como «o maior instrumento de política externa» de Portugal, visando promover a cooperação entre estações de TV dos PALOP. Co-produções, novelas e futebol eram a base da programação no arranque, mas hoje «a informação é a grande prioridade»,  avança o jornal SOL baseando-se nas declarações do coordenador geral de informação, António Mateus, homem que arrancou a emissão do canal com uma entrevista ao primeiro-ministro de Portugal, António Guterres.

Há  uma década e meia o canal era composto por uma equipa de dez jornalistas e técnicos, havendo autonomia total face à RTP generalista em termos de redação, estúdios e meios. Atualmente a equipa da RTP África – quatro repórteres e três coordenadores – está integrada na da ‘casa-mãe’,  mas Alberto da Ponte, presidente do conselho de administração da estação pública portuguesa está interessado no relançamento do canal.

A RTP África está presente em todos os PALOP, mas, nesta altura, a delegação da Guiné-Bissau está sem o seu representante, Fernando Teixeira Gomes, que foi «declarado persona non grata» pelo Governo local.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close