Cabo

Prémios de TV: Distinguidas as produções mais criativas

A 60ª edição dos Prémios Emmy das Artes distinguiu, no passado fim-de-semana, as séries e personagens mais criativas da televisão norte-americana. E lançou uma antevisão do que pode vir a acontecer no próximo domingo, dia 21, na entrega dos prémios da indústria.

Cynthia Nixon foi a grande vencedora da noite. A actriz, que se distinguiu no papel de ‘Miranda’ em ‘Sexo e a Cidade’, foi agora premiada pela interpretação de uma mãe psicopata, acusada de assassinar as filhas, em ‘Lei e Ordem’ (NBC). O galardão de melhor actor foi para Glynn Turman por ‘In Treatment’ (a HBO).

A actriz, que faz de ‘Miranda’ em o ‘Sexo   e a Cidade’, mostrou a sua veia dramática

No que respeita a séries, o destaque vai para ‘John Adams’ (co-produção do Canal+ e HBO), um retrato do segundo presidente norte-americano, que recebeu oito prémios. A segunda produção mais premiada foi ‘Mad Men’, (Canal+ e AMC), sobre a intensa indústria publicitária de Nova Iorque nos anos sessenta, com quatro distinções.

Também os conteúdos subversivos foram premiados. Para além do habitual Emmy dado a ‘Os Simpsons (melhor série de animação de menos de 30 minutos pelo 10º ano consecutivo), destacou-se ‘South Park’, com um Emmy de animação para público adulto.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close