Cabo

Odisseia exibe programação especial “O que resta do sonho americano?”

odisseia

Numa altura em que mundo tem os olhos postos na 57ª eleição presidencial dos EUA marcada para dia 6 de novembro, o Odisseia estreia a programação especial “O que Resta do Sonho Americano?”, uma seleção de 10 documentários actuais, com estreia exclusiva em Portugal, que analisam o estado social, político e económico da democracia vigente mais antiga do mundo, todas as quintas e sextas-feiras de novembro, sempre às 23h00.

Vencedor de vários prémios em festivais de cinema, “Estados Unidos, uma Nação Dividida” que o Odisseia estreia em Portugal, quinta-feira, dia 1 de novembro, é o resultado de uma investigação costa a costa levada a cabo pelo realizador Kelly Nyks que, neste trabalho curioso, indaga cidadãos anónimos e líderes políticos sobre a mesma série de questões relativas ao país e aos seus valores… obtendo respostas muito díspares.

Qual a razão do partidarismo amargo que vigora na política dos Estados Unidos? Que forças ocultas os separam cada vez mais? Quais as consequências para a democracia do país? Robert Putnam, Norm Ornstein, Tucker Carlson, Noam Chomsky, Thomas Frank e Jesse Jackson são alguns dos pensadores que contribuem com a sua análise sobre o governo e a sociedade americana atual, balanceados com as opiniões dos cidadãos que assistem à extrema polarização partidária que muito tem contribuído para a diminuição da eficácia governativa.

Com um acesso sem precedentes, garantido pela Autoridade Portuária de Nova Iorque, ao longo de cinco anos, o documentário “A Reconstrução do Ground Zero”, que estreia sexta-feira, dia 2 de novembro,  acompanhou os trabalhos de reedificação da zona afetada pelos atentados, local onde foi erguido um novo arranha-céus, o One World Trade Center (1WTC), e um memorial em honra das vítimas, que alberga um museu.

Onze anos depois do dia que mudou o mundo, o Odisseia entrevista o arquiteto do 1WTC, David Childs, o diretor executivo da Autoridade Portuária, Ward Chris, o presidente da câmara, Michael Bloomberg, e Michael Arad o homem que está por detrás do conceito inovador do Memorial 9/11, para revelar a luta dos arquitetos e engenheiros que trabalharam árduamente, sobre uma enorme pressão, para respeitar prazos e satisfazer as expetativas da população.

A crise atual poderá estar relacionada com o objetivo final de Lewis Powell, o advogado que há mais de 40 anos propôs aos grandes grupos empresariais que investissem nos intelectuais das universidades e nos meios de comunicação para terem controlo dos órgãos do governo? Será o golpe final desta politica de  controlo por parte dos grupos empresariais a Citizens United, a fatídica decisão do Tribunal Supremo que concedeu capacidade ilimitada às corporações e multimilionários, para viciar as eleições com doações?

“Os Ladrões do Sonho Americano” é o documentário que se segue, quinta-feira, 8 de novembro, e que analisa ao pormenor os últimos 40 anos da política norte-americana, desde a aplicação do Manifesto Powell, até à situação atual, com a crise financeira mundial, o movimento Occupy Wall Street e o desmantelamento da classe média norte-americana.

Seis adolescentes lutam para vencer o Campeonato Nacional de SMS, dos Estados Unidos, um torneio peculiar que tem 50 mil dólares de prémio final e que o Odisseia acompanha no documentário “Geração SMS”, com exibição sexta-feira, dia 9 de novembro.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close