Cabo

‹‹O Primeiro Computador do Mundo›› estreia no Odisseia

odisseia

odisseia

Aproveitando progressos tecnológicos como a tomografia de Raios X ou a fotografia digital, o Odisseia acompanha uma equipa de matemáticos, historiadores e outros peritos numa demanda para resolver os mistérios que estão por trás deste mecanismo antigo, cujos segredos se perderam há mais de dois mil anos no Mar Mediterrâneo.

Vencedor do Prémio Principal do Festival Internacional de Filmes de Arqueologia de Rovereto, Itália, e o Prémio Especial do Público no Festival Internacional de Cinema Arqueológico de Bidasoa, Espanha, O Primeiro Computador do Mundo explica, ao longo de 60 minutos, como foi possível alguém criar uma máquina tão sofisticada, datada entre 150 e 100 a.C., cujo grau de complexidade e perfeição só voltaria a surgir no século XIV, na Europa.

No início do século XX, um pescador descobriu um navio afundado a 60 metros de profundidade, perto da ilha grega de Anticitera. No seu interior encontravam-se jarras, estátuas de mármore e cobre, moedas, cerâmica greco-romana e um instrumento para realizar cálculos astronómicos muito complexos, como determinar a posição do Sol, da Lua e dos planetas conhecidos na época. Seria o primeiro computador do mundo?

O Primeiro Computador do Mundo é o premiado documentário que o Odisseia estreia domingo, dia 7 de julho, às 21h45 e que acompanha a exaustiva investigação que envolveu a descoberta do mecanismo de Anticitera, a semente da revolução digital, um século depois da sua descoberta.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close