Cabo

MOV assegura próxima temporada de “Strike Back” em 2013

Strike-Back

No momento em que é confirmada a produção da terceira temporada da série de sucesso “Strike Back”, o MOV acaba de assegurar a estreia em Portugal da segunda temporada para março de 2013.

Baseado no bestseller de Chris Ryan, “Strike Back”, uma das séries de ação de maior sucesso no canal, acompanha a Secção 20, um ramo dos Serviços Secretos de Inteligência, com sequências de ação e dramática política de guerra, intercaladas com os demónios pessoais de dois homens: Stonebridge (Philip Winchester) e Scott (Sullivan Stapleton).

Inicialmente produzida como minissérie – cuja estreia, no canal Sky One em Inglaterra, registou cerca de 1.7 milhões de telespectadores, triplicando a média de audiência do canal -, “Strike Back” está classificada pelo site IMDb (Internet Movie Database) com a pontuação 8 – numa escala máxima de 10 – e com mais de dois mil votos.

Esta poderosa série de ação, sexy e cheia de suspense, segue as intervenções de uma brigada especial antiterrorismo e gira em torno de um ex-soldado da Unidade de Forças Especiais inglesa, que atuou no Afeganistão, Iraque. Porter (Richard Armitage, de “Robin Hood”), é o líder da Unidade.

O argumento centra-se em dois membros de uma ultrassecreta organização antiterrorista conhecida como MI6: Michael Stonebridge, um sargento britânico, e Damien Scott, um agente das Forças Delta que foi desonrado e dispensado na véspera da invasão norte-americana ao Iraque.

Philip Winchester (Stonebridge), que já participou em séries como “Fringe”, “Robinson Crusoé” e “Camelot” e nos filmes “O Patriota”, “In My Sleep” e “Os Thunderbirds”; Sullivan Stapleton (Scott), que integrou as séries “Satisfaction”, “Canal Road” e “The Secret Life of Us”, assim como os filmes “Os Condenados”, “No Cair da Noite” e “Um verão para toda a vida”; Amanda Mealing, Eva Birthistle, Michelle Lukes e Rhashan Stone fazem parte do elenco principal desta série que mereceu o aplauso da crítica e do público.

“Strike Back” tem produção executiva de Andy Harries, responsável pelo sucesso cinematográfico “A Rainha” e pelos filmes “Atraídos pela Fama”, “Prime Suspect” e “Cracker”, contando ainda com a colaboração de outros autores como Frank Spotnitz, Richard Zajdlic, SimonBurke e Tony Saint.

 

Curiosidades:

– Chris Ryan, o autor do bestseller em que esta série é baseada, é um ex-soldado das forças especiais britânicas e desempenhou o papel de consultor e guionista;

– Antes do início das filmagens, alguns dos principais membros do elenco foram enviados, durante um mês, para um acampamento na África do Sul para um intenso e rigoroso treino militar com ex-soldados do SAS e Special Boat Services;

– A equipa foi obrigada a interromper as gravações em Kalahari devido ao aparecimento de cobras venenosas na região;

– A produção recorreu a um vasto catálogo de armas de fogo, granadas e explosivos durante as gravações;

– O primeiro episódio conquistou uma audiência de cerca de 400 mil espectadores no Reino Unido, valor que ascendeu a mais de um milhão de espectadores nos episódios que se seguiram;

– Para praticar as cenas, o elenco carregou pesos que simulavam as armas verdadeiras. Mais tarde, foram treinados por ex-soldados da SAS (Special Air Service) que lhes ensinaram como manusear as armas de forma profissional.

 

 

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close