Cabo

História estreia ‹‹O Papa do Fim do Mundo››

PAPA FRANCISCO RTP

PAPA FRANCISCO RTP

No dia 11 de Fevereiro de 2013 o Papa Bento XVI, líder espiritual de 1200 milhões de pessoas no planeta, renunciou ao seu cargo na Igreja Católica. No dia 13 de Março de 2013, depois de 26 horas e 5 votações, o mundo soube quem era o eleito: o cardeal argentino Jorge Mario Bergoglio, o novo Papa Francisco. É a primeira vez que a Igreja será dirigida por um Papa jesuíta e latino-americano, rompendo desta forma a hegemonia de séculos, de papas europeus. Qual a verdade das profecias que dizem que ele será o último Papa, o do fim do mundo?

O Canal História foi descobrir quem é este novo líder mundial que desde o primeiro minuto do seu papado parece marcar o começo de uma nova era. A era de Francisco, o Papa do Fim do Mundo.

Imediatamente depois do Habemus Papam, Francisco recusa-se a viajar na limusina do Vaticano e vai num autocarro com os restantes cardeais. Apresenta-se em pessoa para pagar a conta do hotel onde esteve alojado até ao conclave, recusa o discurso em latim que lhe tinham preparado para a sua primeira missa e opta por uma homilia simples e direta olhando para os presentes e em italiano.

Decide não morar no luxuoso apartamento papal alegando que é escandaloso viver num lugar onde caberiam 300 pessoas. Recusa o famoso calçado vermelho papal e continua a usar os seus velhos sapatos pretos.
Como jesuíta teve uma brilhante formação intelectual, foi docente em literatura e psicologia e estudou humanidades e teologia.

Durante a década de 60, Bergoglio encontra-se ideologicamente ligado ao peronismo, movimento criado por Juan Domingo Perón, que desde 1955 se encontrava proscrito na Argentina. No entanto, apesar da proscrição, na década de 60, Bergoglio foi o diretor espiritual de um grupo de jovens católicos apelidados “A guarda de ferro”, um grupo formador de quadros políticos peronistas com regras muito semelhantes às dos jesuítas, quase militar.

Francisco está a marcar um novo rumo na mudança da igreja e é ele quem vai guiar os fiéis em todo o mundo.

Para além das especulações sobre a sua eleição e do que anunciam as profecias, o certo é que com a chegada do Papa Francisco para a igreja termina uma era e começa uma nova. É um final que também é um começo e esse final não tem que ser necessariamente o fim do mundo, começa uma nova era: a era do Papa Francisco.

O Papa do Fim do Mundo

Durante séculos a chegada de um novo Papa ao trono de Pedro esteve rodeada de misteriosos sinais e vaticínios. Quais foram as profecias que anunciaram a chegada de Francisco? No século XII, o arcebispo católico Malaquias de Armag, hoje conhecido como São Malaquias, entra num transe e vê uma linha de reinados papais a partir de Celestino II, o pontífice que reinava naquela altura. Foi nomeando e identificando com um lema desde o primeiro até ao último com bastante exatidão. O último era o no 112 e depois dele seria o fim.

Bento XVI era o papa 111, o 112 é Francisco, por isso muitos pensam que é o Papa do Fim do Mundo.
O fim do mundo é casualidade ou Francisco só se referia à grande distância entre Roma e Buenos Aires? As tribulações a que faz referência Malaquias podem ser interpretadas como os últimos escândalos que viveu a igreja que vão terminar com um Papa esgotado que teve que renunciar?

Contudo, Malaquias não foi o único a relacionar a chegada de Francisco ao Vaticano com o fim do mundo. No século XVI o médico e consultor astrológico Michel de Notedrame, mais conhecido como Nostradamus, previu a chegada de um homem de cor com muito poder no século XXI que anunciaria o fim dos tempos. No início, haverá doenças mortais como advertência seguidas de pragas, vão morrer muitos animais, haverá catástrofes, alterações climáticas e finalmente vão começar as guerras e invasões do rei negro.

Na idade média, esta previsão foi interpretada como a chegada de um Papa negro, já que naquela altura o sumo pontífice era o homem com maior poder no mundo, o rei negro.

Mas por que motivo Francisco seria o Papa negro? Para muitos a resposta está na origem jesuíta deste papá e relaciona-o com a cor da sotaina que usam os membros da sua ordem.

O Canal História, estreia em exclusivo, no domingo, 21 e 28 de julho, o documentário O Papa do Fim do Mundo.

Domingo 21, 16:50h | Segunda-feira 23, 04:50h/ 07:25h/ 13:30h. Domingo 28, 22h | Segunda-feira 29, 02:10h/ 07:25h/ 10:55h.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close