Cabo

Maria Botelho Moniz fala sobre «Curto Circuito»

Há 11 anos a acompanhar as tardes dos mais jovens na SIC Radical, «Curto Circuito» tem sido um criador de talentos em Portugal, como Bruno Nogueira, João Manzarra ou, mais recentemente, Diana Bouça-Nova. A última temporada do programa deu a conhecer Maria Botelho Moniz, que esteve à conversa com A Televisão.

Prestes a comemorar um ano na apresentação do formato, a também atriz faz um «balanço muito positivo»: «Fui muito bem recebida e sinto-me bem no programa. Aprendo muito todos os dias com os diretos e sinto que estou a evoluir», conta-nos.

«Curto Circuito», que se tornou no primeiro programa da televisão por cabo com mais de 100.000 fãs no Facebook, prepara-se para regressar à antena do canal temático da SIC. Sobre a nova temporada, a vencedora do «CC Casting 2011» garante que os espetadores «Podem esperar muita energia, muitas ideias novas e a boa disposição que define o programa. Voltaremos ao trabalho em breve para reparar tudo para que o regresso seja em grande.»

Desde o afastamento repentino de João Arroja, que foi o eleito pelo público na edição anterior do «CC Casting», Maria Botelho Moniz e Carolina Torres têm como única companhia masculina João Paulo Sousa. O programa regressa à SIC Radical a 3 de setembro e revela-nos a própria que desconhece que «o painel sofra alterações».