Cabo

Maria Botelho Moniz fala sobre «Curto Circuito»

maria botelho moniz

Há 11 anos a acompanhar as tardes dos mais jovens na SIC Radical, «Curto Circuito» tem sido um criador de talentos em Portugal, como Bruno Nogueira, João Manzarra ou, mais recentemente, Diana Bouça-Nova. A última temporada do programa deu a conhecer Maria Botelho Moniz, que esteve à conversa com A Televisão.

Prestes a comemorar um ano na apresentação do formato, a também atriz faz um «balanço muito positivo»: «Fui muito bem recebida e sinto-me bem no programa. Aprendo muito todos os dias com os diretos e sinto que estou a evoluir», conta-nos.

«Curto Circuito», que se tornou no primeiro programa da televisão por cabo com mais de 100.000 fãs no Facebook, prepara-se para regressar à antena do canal temático da SIC. Sobre a nova temporada, a vencedora do «CC Casting 2011» garante que os espetadores «Podem esperar muita energia, muitas ideias novas e a boa disposição que define o programa. Voltaremos ao trabalho em breve para reparar tudo para que o regresso seja em grande.»

Desde o afastamento repentino de João Arroja, que foi o eleito pelo público na edição anterior do «CC Casting», Maria Botelho Moniz e Carolina Torres têm como única companhia masculina João Paulo Sousa. O programa regressa à SIC Radical a 3 de setembro e revela-nos a própria que desconhece que «o painel sofra alterações».

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close