Cabo

Discovery estreia «Roleta Selvagem» esta noite

Imagem: Discovery

O Discovery Channel estreia esta noite a Roleta Selvagem, que desafia seis participantes a sobreviverem em seis locais distintos da América do Sul, longe da civilização, durante 60 dias. Uma aventura de dimensões épicas já que a qualquer momento, o cenário pode mudar… Sem prémio final, os participantes estão à mercê de si próprios para arranjar abrigo, comida e água. Luke, Shon, Kat, Josh, Lindsay e Adam, são estes os nomes dos aventureiros de serviço.

Passar 60 dias sozinho, na natureza, sem qualquer ajuda. Ter de encontrar abrigo, comida e água potável. Desafiar o ambiente hostil, ter encontros indesejáveis com animais, enfrentar chuva, frio, sol e até neve. O local: América do Sul. Mas há mais: quando menos espera, tem de deixar o local onde está e partir para um outro, totalmente diferente e desconhecido, onde as condições poderão ser opostas… e começar tudo de novo.

Seis homens e mulheres aceitaram o desafio do Discovery Channel para ir além os seus próprios limites, em Roleta Selvagem. Sem prémio final, sem vencedor e sem equipas de filmagem. «Para além de termos de sobreviver e evitar a nossa própria morte, ainda tínhamos de filmar, o que complicava muito as coisas», revela Luke Soderling, um canalizador de 35 anos que abraçou o desafio depois de ter sobrevivido a um cancro na tiróide.

Para além de se encontrarem totalmente expostos às condições da natureza, os participantes estão ainda à mercê da Roleta, que gira consoante a mudança da lua. Quando tal acontece, há que começar tudo de novo. «Essa é grande diferença do programa em relação a outros do género. É algo que nunca tinha sido feito antes. Podemos passar da tundra gelada à mais húmida das florestas tropicais ou ao tórrido deserto. Tudo pode acontecer», explica Luke.

Para entrar no programa, os seis intervenientes foram submetidos a rigorosos testes físicos e psicológicos, mas nada os preparou para o que tinham de enfrentar. Shon Joyner, um antigo marine norte-americano, esteve em cenários de guerra e tinha alguns truques na manga para sobreviver, mas acabou por perceber que o aspecto mental é o mais desafiante. «Enfrentar a frustração, manter a calma e ser positivo» foram as maiores batalhas do ex-militar de 33 anos, que viveu uma verdadeira «montanha-russa de emoções».

Os participantes, com idades compreendidas entre os 23 e os 39 anos, estão apenas munidos de um kit básico de sobrevivência e de dispositivos de sinalização, em caso de emergência. Para ver no Discovery Channel, esta noite, a partir das 21h.