Cabo

Canal Hollywood celebra 50º aniversário de Quentin Tarantino

Canal Hollywood

Canal Hollywood

Quentin Tarantino, vencedor do Óscar para Melhor Argumento Original com o filme Django Libertado, é homenageado pelo Canal Hollywood de 25 a 28 de março, com exibição do especial Noites com Quentin Tarantino, quatro sucessos deste polémico mestre do cinema, que assinalam ainda o seu 50º aniversário, celebrado dia 27 de março.

Este especial dedicado a um dos mais populares e aclamados realizadores das últimas décadas, inicia com Kill Bill – A Vingança, o aclamado quarto filme do grande argumentista e realizador Quentin Tarantino, interpretado por Uma Thurman, Lucy Liu e Vivica A. Fox, sobre uma traição brutal e uma desforra épica, que chega ao ecrã do Canal Hollywood, dia 25 de março, às 23h35.

Quatro anos depois de ser baleada na cabeça, no dia do seu próprio casamento, a Noiva (Thurman) acorda do estado de coma e decide que é tempo de levar a cabo uma terrível vingança. Tendo sido traída pelo seu antigo patrão (David Carradine) e pelo seu mortífero esquadrão de assassinos, esta é uma luta de morte que ela não começou, mas que está determinada em acabar.

Já com dois nomes riscados na sua Lista de Morte, A Noiva está de volta em Kill Bill – A Vingança Vol 2, dia 26 de março, às 23h35, para tratar de Budd (Michael Madsen) e Elle Driver (Daryl Hannah), os únicos sobreviventes do bando de assassinos que a traiu quatro anos antes. Tudo se conjuga para o confronto final com Bill (David Carradine), o antigo mestre da Noiva e quem ordenou a sua execução.

Depois da violência em jato de sangue de Kill Bill – A Vingança, em Kill Bill – A Vingança Vol 2, Quentin Tarantino privilegia um valor positivo e socialmente estruturante: o instinto maternal. Contudo, antes de o espectador ficar enlevado com a cena do encontro entre Thurman e a filha, terá que assistir, entre outras coisas, ao momento em que Thurman aplica a letal técnica dos Cinco Pontos de Pressão ao pai (David Carradine) da menina.

A espetacular mistura de ação explosiva e humor perverso materializado no filme Pulp Fiction, no dia 27 de março, às 23h40 consagrou o mito Tarantino depois de vencer a Palma de Ouro em Cannes (1994) e o Óscar de Melhor Argumento Original, comprovando que o cinema independente também podia atingir o estatuto de «blockbuster».

Neste filme, narrativamente endiabrado, Quentin Tarantino conta-nos três histórias interligadas, desempenhadas por um elenco de fantásticos personagens; dois assassinos baratos (John Travolta e Samuel L. Jackson), a sexy mulher do seu patrão (Uma Thurman) e um desesperado lutador de boxe em fuga (Bruce Willis).

A espiral de sentimentos e a amálgama de histórias cruzadas, entrelaçadas na violência crua e no humor professado por Tarantino, continua com a estreia de Jackie Brown, um filme adaptado do romance «Rum Punch», de Elmore Leonard, cuja prequela está já a ser preparada pelo realizador Dan Schechter.

Jackie Brown que o Canal Hollywood exibe dia 28 de março, às 23h40, é simultaneamente, um relato cómico do crime e uma história de pessoas reais que pisam a linha da lei de vez em quando. Cinco carismáticos personagens ‹‹perseguem›› meio milhão de dólares e a pergunta é: Quem ‹‹joga›› com quem?

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close