Cabo

Canal História estreia dia 15 de Abril “Titanic: Mistério Resolvido”

Titanic fuera del agua-virtual

À medida que o centésimo aniversário do Titanic se aproxima, uma equipa de cientistas, engenheiros, arqueólogos e especialistas na captura de imagens juntaram esforços para responder a uma das questões mais inquietantes que rodeia o lendário desastre: como é que o “inafundável” navio se parte e se afunda nas águas geladas do Atlântico Norte a 15 de abril de 1912? “Titanic: Mistério Resolvido” estreia no dia 15 de abril às 22 horas e vai documentar a mais recente missão, mostrar partes nunca vistas dos destroços e apresentar as conclusões inesperadas da expedição, bem como respostas cruciais.

Em 2010, o HISTÓRIA associou-se aos melhores especialistas subaquáticos nesta expedição ao local do naufrágio, uma expedição que desenvolveu o estudo mais exaustivo de sempre dos destroços. A tarefa, que contou com a participação da RMS Titanic, Inc., a empresa responsável pelo local onde se encontra o Titanic, revelou novas descobertas e o primeiro mapa extensivo do sepulcro aquático do navio, toda a extensão de 15 milhas quadradas do leito do oceano onde o destroço se encontra, ajudando a resolver o puzzle de 100 anos sobre o que falhou e determinar quem ou o que foi responsável pelo acidente.

“Titanic: Mistério Resolvido” conta a história exclusiva desta expedição. Além de cartografar todo o local, este especial vai ainda revelar pela primeira vez a imagem completa da destruição e afundamento usando um hangar virtual. Aplicando as técnicas da investigação de um acidente de aviação ou vaivém especial (cartografar o local e juntar as peças num hangar), a equipa de especialistas vai produzir uma reconstrução holográfica virtual do local dos destroços num hangar.

Nos 25 anos desde que o destroço foi localizado, nunca ninguém explorou ou cartografou toda a extensão do local. Quase metade da área continuava desconhecida e sem ser vista e partes significativas do navio, que poderiam revelar como se partiu, estavam em falta. Agora, após 100 anos, finalmente cada centímetro do local é conhecido e cada pedaço do navio é documentado.

Em “Titanic: Mistério Resolvido”, o público vai poder ver pela primeira vez pedaços do navio agora descobertos, seguir a expedição e conhecer a verdadeira história de como o Titanic se partiu. Este episódio especial vai responder às maiores questões sobre o Titanic: tinha algum erro fatal de construção, e se sim, quem ou o que foi responsável pelo acidente? No final de “Titanic: Mistério Resolvido” os espetadores vão ficar a conhecer toda a história. É altura de saber o que aconteceu e do Titanic finalmente descansar.

PARCEIROS DA EXPEDIÇÃO

Primeira a visitar o Titanic em cinco anos, a expedição de 2010, orientada pela RMS Titanic, Inc., a empresa que gere o local dos destroços, juntou várias organizações especializadas em tarefas subaquáticas que nunca tinham trabalhado juntas. Woods Hole Oceanographic Institution’s Advanced Imaging & Visualization Laboratory, líder mundial em fotografia subaquática, desenvolveu câmaras especiais 3-D e 2-D para a missão que permitiram captar imagens de alta qualidade. O Waitt Institute for Discovery, disponibilizou robots autocontroláveis conhecidos como AUVs (Autonomous Underwater Vehicles- veículos submarinos autónomos), capazes de analisarem de forma independente o local com um sonar de alta resolução. Estes dispositivos trabalharam em conjunto com um ROV (Remote Operated Vehicle- veículo controlado remotamente) fornecido pela Phoenix International, empresa serviços marítimos.

A National Oceanographic and Atmospheric Administration (NOAA- Administração Oceânica e Atmosférica Nacional norte-americana), National Park Service’s Submerged Resources Center e o Instituto de Arqueologia Náutica da Universidade do Texas A&M também contribuíram para a expedição. O engenheiro Parks Stephenson, o ilustrador Ken Marschall, o investigador de acidentes Jim Chiles e o especialista do Titanic Bill Sauder colaboraram como consultores do História.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close