Cabo

Andreia Vale: «A nossa maior ambição é liderar no cabo»

Andreia Vale

Andreia Vale

Andreia Vale, a jornalista que dá a cara pelo CM Jornal, no recém estreado canal do Grupo Cofina, CMTV, cujo nascimento considera ter sido «uma maratona», explica os motivos que a levaram a deixar a SIC para integrar o novo projeto.

A pivô que apresenta o jornal das 13H00, na estação que arrancou ontem as suas emissões contou em entrevista à TV Guia as razões que a fizeram aceitar o desafio. «Estive 12 anos na SIC e este convite do Octávio Ribeiro [director do Correio da Manhã] fez-me pensar que, aos 34 anos, era a altura ideal para mudar», e acrescenta: «Nunca quis ficar para sempre no mesmo sítio onde comecei e achei que este projecto era inovador e muito tentador. É quase como dar o salto para fora do ninho para voar um bocadinho mais alto», afirma. Para a antiga jornalista da SIC Notícias, a mudança baseou-se na convicção de «que tinha chegado a hora de mudar», e após ouvir várias pessoas, a pivô acredita que a «questão não era sobre trocar um sítio por outro, mas sim se esta seria a altura ideal para a mudança.»

Considerada uma das grande apostas do canal, a jornalista acredita no valor da estação que conta ainda com nomes como Marcos Pinto ou José Carlos Castro. «Como já trabalho em televisão há muitos anos, sei o que as pessoas pensam quando nasce um novo canal. Acompanhei a SIC Notícias por dentro, a RTP Informação e a TVI24 por fora. Mas nós somos um bocadinho diferentes, porque não somos só um canal de notícias. A CMTV é um canal generalista, que vai ter um pouco de tudo. Por isso, estou expectante para saber como as pessoas vão reagir a este tipo de formato. Acredito que o resultado seja muito bom». «A nossa maior ambição é liderar no cabo. Já se falou numa meta de três anos, mas até acho que esse objectivo pode ser cumprido mais cedo. Esperemos que sim, nós vamos trabalhar para isso», assegura a antiga profissional da estação de Carnaxide.

Quanto ao papel que vai desempenhar na estação, a jornalista não fecha as portas à reportagem e admite não se querer confinar ao estúdio e à apresentação do noticiário. «Quero muito continuar a fazer reportagens e espero conseguir fazê-lo. Sei que nem sempre vai ser possível, mas é algo de que gosto muito», confessa.

A ex-pivô da SIC aproveitou ainda para desmentir os rumores da notícia avançada pela TV7 Dias que davam conta que a jornalista teria tentado regressar à estação do Grupo Impresa: «Já disse que isso é mentira e quero dar este assunto por encerrado!», conclui.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close